quinta-feira, 9 de abril de 2009

Estudiantes 4a0 Cruzeiro - fase de grupos da Libertadores

Um jogo em que tudo deu errado - foi isso que disse Adílson na entrevista coletiva após o jogo. E essa pode ser considerada a frase do jogo: Tudo deu errado.

O Cruzeiro chegou com atraso no estádio Ciudad de La Plata, devido à uma manifestação popular. Mas esse não é o principal motivo do revés do Cruzeiro na Argentina.
O principal fator da derrota do time celeste foi a falta de posicionamento da defesa. Foi isso que fez com que o Cruzeiro não se classificasse com antecipação para a próxima fase da Copa Libertadores da América.
O time azul estava com uma defesa completamente desarrumada e um ataque inoperante no inicio da primeira etapa. Não era preciso ser um especialista em futebol para ver os espaços livres para os jogadores argentinos penetrarem no setor defensivo cruzeirense. E o ataque parecia só ter entrado no jogo no final, com exceção de uma finalização ou outra no inicio, que não levaram a nada.
No próximo jogo o Cruzeiro tem que melhorar esse posicionamento defensivo, ou não vai seguir em frente nem no mineiro.

A arbitragem uruquaia errou também em vários momentos, e esses erros prejudicaram o Cruzeiro.
Quando o Adílson falou que nada tinha dado certo, ele acertou a afirmação até para o vôlei. Pois o time celeste perdeu para o Minas de virada (3a2) na casa adversária.

Com essa derrota ontem (quarta, 08/04/09), foi quebrada uma série invicta de 19 jogos do time do Cruzeiro na temporada.
Foi uma noite em que a toda torcida celeste gostaria de esquecer. Mas não podemos, devemos continuar juntos com o time celeste e cobrar um melhor esquema de jogo e uma maior disposição em todos os desafios. Nossa torcida merece mais respeito!

O Cruzeiro ainda aguarda o resultado entre Ituiutaba e Democrata-Gv, para saber quem enfrentará no próximo jogo do campeonato mineiro.


Força, nação celeste!
Saudações
Rafael Amaral

ESTUDIANTES 4 X 0 CRUZEIRO

Motivo: 5ª rodada da fase classificatória da Copa Santander Libertadores
Data: 08/04/2009 (quarta-feira)
Local: estádio Ciudad de La Plata, em La Plata-ARG
Árbitro: Roberto Silvera (URU)
Público: não divulgado
Renda: não divulgada
Gols: Verón, aos 5 min, e Gastón Fernández, aos 32 min do primeiro tempo; Prette, aos 28 min e aos 32 min do segundo tempo

Estudiantes
Andújar; Angeleri, Cellay, Desábato, Iberbia; Pérez, Braña, Verón (Sánchez) e Benítez; Boselli (Prette) e Gastón Fernández (Calderón)
Técnico: Alejandro Sabella

Cruzeiro
Fábio; Jancarlos (Elicarlos), Leonardo Silva, Thiago Heleno e Jonathan (Bernardo); Fabrício, Henrique, Marquinhos Paraná, Ramires e Gerson Magrão; Wellington Paulista (Soares)
Técnico: Adilson Batista

Cartões amarelos: Jonathan, Ramires e Bernardo (Cruzeiro); Verón e Desábato (Estudiantes)

Vídeo:

4 comentários:

Anônimo disse...

Saudações a todos os leitores.

Acho que, apesar do placar elástico, essa derrota não pode abalar o time e o entusiasmo da torcida, afinal de contas o Cruzeiro possui claramente um projeto bem definido.

Também não gostaria de apenas criticar o Adilson, técnico que considero muito capaz e, acima de tudo, muito dedicado ao Cruzeiro.

O que me entristece nessa derrota é o fato de ver o Cruzeiro entrando em campo com quatro volantes, laterais deslocados (quando tínhamos o Gerson Magrão que vinha fazendo o feijão com arroz) e apenas um atacante (que vinha sem ritmo de jogo).
A derrota aconteceria mais cedo ou mais tarde e, espero eu, que tenha ocorrido quando poderia ocorrer.

O que me deixa profundamente triste é que o Cruzeiro abriu totalmente mão do direito de se impor, de partir para cima do time adversário e fazer um bom jogo.
Não é a primeira vez que o Adilson, dentro de suas convicções, faz modificações questionáveis. Acho que esse espírito de inovação ele deve manter, o que não aceito é que essas mudanças passem a idéia de um time covarde, um time pequeno, coisas que o Cruzeiro nunca foi e nem nunca será.

Ousar é necessário, eu preferiria ver o Cruzeiro perdendo de cinco, mas jogando, arriscando, buscando o jogo, a ver o time sem alma que vimos no ultimo jogo. É necessário que a comissão técnica do Cruzeiro entenda isso.

Um questionamento que faço é sobre o Reina, meio campo contratado pelo Cruzeiro e de quem não ouço falar a um bom tempo. Por onde ele anda?

Sempre acreditarei no Cruzeiro!

João Paulo

Carlão Azul disse...

Gostei do comentário do João Paulo, bastante sensato. Eu fujo às léguas do senso comum de botar a culpa no técnico. Ele errou neste jogo, ERROU TAMBÉM. Como o João Paulo disse errou na escalação do time, principalmente na mistura que fez na esquerda. Qto aos volantes até acho que se o Ramires fosse jogar adiantado (como no último jogo) isso poderia ocorrer.

Acontece que além dos erros de nosso técnico os jogadores também se mostraram muito infantis, desatentos e até descompromissados. Deixaram o único jogador lúcido do Estudiantes jogar como queria, com liberdade total.

Abraços Rafael.

Saudações Celestes

SITE/BLOG
Sou Cruzeirense - Site
Sou Cruzeirense – Blog
CRUZEIRO: O MAIOR DE MINAS
Clique AQUI e visite a Seção de Brindes do Sou Cruzeirense
VAMOS BOICOTAR A IMPRENSA GALINÁCEA, VAMOS DAR UM BASTA NA PROTEÇÃO AOS EMPLUMADOS! VAMOS EXIGIR RESPEITO AO CRUZEIRO!!!

DÜFF disse...

ESTOU VOLTANDO, AGUARDE...
PS: DEIXEI UM E-MAIL PRA VC. ABRAÇO!!!

Rafael Amaral disse...

Grande Düff!!!
Já era hora de voltar mesmo. A nação celeste estava querendo ver o Sangue Azul na Veia na ativa de novo.

Conte comigo para o que precisar!
Abraços