sexta-feira, 23 de maio de 2008

Bancada democrática

O Programa esportivo mineiro, Alterosa Esporte, voltará com a bancada democrática. Serginho e Bolivar não aparecem desde o programa após o último jogo da final. Resta saber quem defenderá o lado azul no programa.

imagem: blog Sem Barreira, Leopoldo Siqueira

Há boatos de que Serginho e Bolivar brigaram durante o segundo jogo da final do campeonato mineiro e, por isso, foram demitidos. Entenda melhor sobre a briga no seguinte artigo do jornal Super Notícias:




Serginho, Bolivar e os perigos do futebol

CHICO MAIA

Difícil acreditar, mas a notícia era verdadeira: Serginho e Bolivar se desentenderam além do normal na cabine da TV Alterosa, durante o primeiro tempo de Cruzeiro 1 x 0 Atlético. Não chegou haver socos e pontapés, como foi dito em milhares de e-mails e comunidades do Orkut. A turma do deixa disso impediu. Xingamentos em tom e palavras mais elevados, dedo em riste, ameaças e por aí vai. Mas o Bolivar mordeu o dedo do Serginho, saiu sangue e tudo ficou parecendo mais grave do que realmente foi.

DEMISSÃO

Para complicar a situação, a cabine da Alterosa fica ao lado da do Atlético, e lá estava o Tiago Reis, o repórter do "Seu nome, seu bairro", da Itatiaia, que entrevista o Hissa Moysés, diretor do Galo. É claro que o Tiago não poderia deixar de registrar a notícia, e não o fez de forma sensacionalista. Pensou até que fosse uma brincadeira mais exaltada dos dois, mas o assunto ecoou longe. Serginho e Bolivar saíram do Mineirão demitidos.

REAÇÕES

O futebol é assim! Provoca reações inusitadas até no mais calmo, paciente e tolerante dos mortais. Sempre bem-humorados, Serginho defendia o Cruzeiro e, Bolivar, o Atlético, respeitando os parâmetros da normalidade. Faziam o que fizeram no passado o Neuber Soares e Dadá Maravilha, no início do programa, há dez anos, e depois o Dudu (criador do Galo Doido), no lugar do Dario.

SANGUE QUENTE

Quando a bola **** o sangue ferve e é preciso muita calma nessa hora, principalmente dos atores do espetáculo. A imprensa cobra de jogadores, dirigentes e torcedores e, óbvio, precisa se controlar também, dando bons exemplos. Infelizmente somos humanos e erramos. Foi o caso dos dois companheiros, que pagaram pelo que fizeram. A emissora não tinha outra posição a tomar, especialmente porque faz campanha contra a violência.

AMIZADE

Na segunda-feira, Serginho e Bolivar foram ao departamento pessoal da Alterosa para os devidos acertos com a empresa. Encontraram- se e conversaram longamente, como sempre o fizeram, na maior tranqüilidade. Lamentaram o ocorrido, mas, como diz o velho ditado, o que foi feito não está por se fazer, e vida que segue.

AUDIÊNCIA

Essa fórmula de programa de esportes surgiu em Belo Horizonte na TV Bandeirantes, no Minas Esporte, comigo e o Flávio Carvalho, há quase 20 anos. Começou do nada, sem nenhuma combinação prévia. Quando demos conta, eu defendia o Galo, ele o Cruzeiro, com todos os argumentos que tínhamos e não tínhamos às mãos. E a audiência do programa foi para as alturas, em todo o Estado.

PERIGO

Mas a situação começou a ficar perigosa. Motivados pelo incentivo e colaboração dos telespectadores/ torcedores, estávamos extrapolando. Com o crescimento da rivalidade entre as torcidas e a violência no país estávamos nos tornando incentivadores involuntários. Havia momentos em que eu tinha vontade de socar o Flávio e ele a mim, mas nos contínhamos. E enfrentávamos as conseqüências do que falávamos na TV, nas ruas. Resolvemos parar com aquilo. Nos demos conta que não estávamos praticando jornalismo e, sim, teatro. Na Alterosa o estilo adotado foi mais ameno e o espírito era outro. Mas o futebol envolve paixão demais e um dia acaba ocorrendo um incidente, onde menos se espera.


Fonte: Jornal Super Notícia
Coluna do Chico Maia

http://www.supernoticia.com.br/supernoticia...

7 comentários:

Düff disse...

CARO AMIGO CRUZEIRENSE ACHO QUE A BANCADA DEMOCRÁTICA DEVERIA SER FORMADA PELOS BLOGUEIROS. ASSIM OS COMENTÁRIOS TERIAM UM NÍVEL MAIOR. SERIA MUITO BOM DEBATER EM ALTO NÍVEL. PRECISAMOS DE UM ESPAÇO MAIOR NA MÍDIA NÃO ACHA? UMA ABRAÇO SANGUE AZUL.

Blog Sangue Azul Na Veia

Jornalismo Torcida 5 Estrelas disse...

Boa recordação! Mas esse tipo de coisa tende a acontecer mesmo, pois isso mexe com a paixão do torcedor!

Para defender o Cruzeiro, acredito que seja o Ivan Pinto!

Abraço

Carlão Azul disse...

Boa idéia a sua de abordar o assunto.

Eu pessoalmente não gosto muito disso porque prefiro ouvir notícias sobre o meu time que ver "torcedores-comentaristas" fazendo provocações entre si.

Mas não sou contra, afinal parece que a fórmula é valorizada pela maioria dos telespectadores.


Super abraço amigo Rafael.

Grato pela troca dos Banner's.


Saudações Celestes
SITE/BLOG.....CRUZEIRO: O MAIOR DE MINAS
Notícias , fatos e fotos do Cruzeiro
Cruzeiro Líder e com melhor ataque e melhor defesa = 100%
ENTREM E SINTAM-SE A VONTADE

Flávia Marques disse...

Quase não assisto programas esportivos de bancada. É muita brincadeira e pouco jornalismo.
Mas gostaria de ver o Tostão defendendo o Cruzeiro...rsrs.
;)

Düff disse...

TEM SELO NOVO PRA VC NO MEU BLOG. ABRAÇO AMIGÃO!!!

Blog Sangue Azul Na Veia

Anônimo disse...

http://prixviagragenerique50mg.net/ prix viagra
http://prezzoviagraitalia.net/ acquisto viagra
http://precioviagraespana.net/ viagra

Rodrigo Shinneider disse...

Episódio Racismo contra Tinga do time peruano!
Foi lamentável mas querer tirar os pontos do time adversário por isso e ser tão desonesto quanto! Futebol se ganha no campo!
Marcelo Oliveira técnico chinfrim, não consegue ganhar em campo agora procura um bode expiatório para ganhar no tapetão!

Não adianta culpar o estadio a torcida dos adversário!
O que aconteceu foi pura incompetência por parte do treinador do Cruzeiro Marcelo oliveira!
Um time que entra jogando com Ceará, Egídio, Marcelo Moreno e Souza, não quer ser campeão da libertadores alias não quer ser campeão de nada!

O cruzeiro tem jogadores muito melhores no banco, como Rodrigo, Maique, Martinúcio, Samúdio, mas este treinador teimoso, prefere escalar os piores!

Marcelo Oliveira faz um favor para os Cruzeirenses, volta pro galo!