quinta-feira, 17 de julho de 2008

Cruzeiro 1x0 Atlético-PR - 12º rodada


O Cruzeiro entrou em campo desfalcado de quatro titulares. O volante Charles e o atacante Weldon cumpriram suspensão pelo terceiro cartão amarelo, enquanto que o zagueiro Espinoza e o meia Wagner forma vetados por cansaço muscular.
Thiago Heleno retornou ao time depois de cumprir suspensão no jogo contra o Atlético-MG, os meias Camilo e Bruno foram escalados como titulares. No ataque, Jajá formou dupla com Guilherme.


O jogo foi marcado pelo ataque celeste e o contra-ataque do Atlético-PR. Mas no primeiro tempo, nada de gols. O Cruzeiro encontrou dificuldades ao penetrar na área do adversário e, por isso, passou a investir nos chutes de fora da área. O Atlético-PR chegou com perigo em alguns lances em que a presença de Fábio foi fundamental para que não ocorresse gol.

No segundo tempo, as equipes voltaram sem substituições, mas o Cruzeiro tinha uma importante mudança: Ramires passou a levar o time para o ataque e o jogo melhorou consideravelmente.
A partir dessa mudança o Cruzeiro passou a atacar mais, entretanto não encontrava o gol.
Aos 11 minutos, Bruno saiu para a entrada do atacante Reinaldo.

O Atlético-PR só teve uma chance de gol na segunda etapa, o que comprova o domínio celeste, em um contra-ataque Anderson Aquino invadiu a área, superou Camilo e forçou Fábio a fazer um milagre. Na seqüência, Camilo saiu para a entrada do volante Elicarlos.
Aos 29 minutos, Adílson Batista fez sua última substituição, Gerson Magrão entrou no lugar de Jajá.
Aos 40 min, Fabrício cruzou do lado direito, a bola foi rebatida e Marquinhos Paraná rolou para Elicarlos, que tentou duas vezes até marcar, contando com desvio da defesa. Depois de muita luta o Cruzeiro saiu vitorioso do Mineirão.

CRUZEIRO 1 X 0 ATLÉTICO-PR

Motivo: 12ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 16/07/2008 (quarta-feira)
Local: estádio Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO)
Público: 15.257 pagantes
Renda: R$ 158.605,00
Gol: Elicarlos, aos 40 min do segundo tempo

Cruzeiro
Fábio; Marquinhos Paraná, Thiago Heleno, Thiago Martinelli e Jadilson; Fabrício, Ramires, Camilo (Elicarlos) e Bruno (Reinaldo); Guilherme e Jajá (Gerson Magrão)
Técnico: Adilson Batista

Atlético-PR
Galatto; Rhodolfo, Antônio Carlos e Danilo; Nei, Alan Bahia, Valencia, Julio dos Santos (Anderson Aquino) e Márcio Azevedo (Wallysson); Joãozinho (Douglas Maia) e Ferreira.
Técnico: Roberto Fernandes

Cartões amarelos: Ramires e Fabrício (Cruzeiro); Nei e Anderson Aquino (Atlético-PR)

fonte: www.cruzeiro.com.br



TABELA DO BRASILEIRÃO:

tabela completa de classificação do campeonato brasileiro

VÍDEO:


6 comentários:

Carlão Azul disse...

Foi um grande jogo, onde sentimos a vontade de ganhar dos jogadores.

Felizmente a torcida apoiou Adilson e gritou seu nome, ate que enfim.

Abracos Rafael

Saudações Celestes
SITE/BLOG.....CRUZEIRO: O MAIOR DE MINAS
Sou Cruzeirense - Site - Tudo sobre o clube que manda em Minas
Sou Cruzeirense - BLog - Tudo sobre o clube que manda em Minas
ENTREM E SINTAM-SE A VONTADE

Rafael Amaral disse...

O apoio da torcida foi muito importante mesmo, tanto que o Cruzeiro lutou até o final e conseguiu a vitória.

Arley Junior disse...

Como era previsto, o cam perde mais uma e entra de vez na briga por uma vaga na segunda divisão. Já da até pra começar a ensaiar o coro de “Vamos subir galo”. O Cruzeiro mais uma vez vê os jogos da rodada lhe ajudarem e encosta de vez no Flamengo!

Rafael Amaral disse...

É isso aí... o Cruzeirão sempre por cima da tabela!
Agora o Cruzeiro tem que chegar na liderança e permanecer por lá até o fim do campeonato.

Arley Junior disse...

Hoje a barra é pesada para o Cruzeiro. Sem Ramirez, Wagner, Fabrício e Weldon, o Cruzeiro perde muita força em um jogo decisivo. Porém jogar para empatar e ganhar um ponto não adianta, é preferível arriscar tudo e correr o risco de sair com mais 3 pontos na tabela! Vai Cruzeiro!!!

ACESSEM:
FutMinas: www.futebol.arleyjunior.net
ArleyJunior.Net: www.arleyjunior.net

anti-gaylo disse...

Gay é Gaylo, 100 anos fazendo a gente rir...


Anti-Gaylo