segunda-feira, 22 de junho de 2009

Cruzeiro 2x4 Barueri - 7° rodada

É nação... Mais uma derrota para fazer a torcida botar os pés no chão!
A classificação para a semifinal da Copa Libertadores fez com que todos os cruzeirenses sonhassem acordados, achando que o time era o melhor do mundo.
Mas a derrota veio como uma lição, outra dura lição. O time cruzeirense não é o melhor do mundo, ainda tem muitas falhas, principalmente defensivas, que foram mostradas claramente no jogo deste domingo.

Com o revés, o Cruzeiro perdeu uma invencibilidade de 27 jogos , mais de 9 meses sem derrota na toca 3.

Se continuar com essas atuações fracas no campeonato brasileiro, o Cruzeiro é um sério candidato ao rebaixamento. É claro que ainda tem muitas rodadas, mas se o time não preocupar com isso agora vai ser difícil recuperar no final.
As atenções no momento estão todas voltadas para a Copa Libertadores, o jogo contra o Grêmio é o que realmente testará a qualidade do Maior de Minas.

Os destaques nesse jogo foram as estréias de Fabinho e Vinícius. Os gols celestes foram marcados por Jonathan e Wellington Paulista.
Os quatro gols que a defesa azul tomou foram através de falhas grotescas.
A nota para a defesa do Cruzeiro nesse jogo não pode ser outra se não for zero. Tirando o goleiro, que salvou o time de uma goleada ainda maior.


Se foi mesmo uma lição esse jogo, espero que o Cruzeiro tenha aprendido e principalmente consertado essas falhas de posicionamento. Espero também que o time celeste mantenha a humildade e não cometa o mesmo erro que o São Paulo, que subestimou o adversário.

CRUZEIRO 2 X 4 BARUERI

Motivo: 7ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 21/06/2009 (domingo)
Local: estádio Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Árbitro: Leonardo Gaciba da Silva (Fifa/RS)
Público: 6.117 pagantes
Renda: R$ 96.762,24
Gols: Jonathan, aos 2 min, Thiago Humberto, aos 10 min, Pedrão, aos 26 min, e Wellington Paulista, aos 44 min do primeiro tempo; Márcio Careca, aos 2 min, e Pedrão aos 29 min do segundo tempo

Cruzeiro
Fábio; Jancarlos, Léo Fortunato, Anderson e Vinícius (Bernardo); Marquinhos Paraná, Jonathan, Fabinho e Wagner; Wellington Paulista e (Zé Carlos) Wanderley (Kléber)
Técnico: Adilson Batista

Barueri
Renê; André Luís, Leandro Castan e Xandão; Éder (Marcos Pimentel), Ralf, Everton, Thiago Humberto (Val Baiano) e Márcio Careca; Pedrão (JoãoVítor) e Fernandinho
Técnico: Estevam Soares

Cartões amarelos: Kléber, Bernardo, Wellington Paulista e Léo Fortunato (Cruzeiro); Xandão, João Vítor e Val Baiano (Barueri)
Cartão vermelho: Fabinho (Cruzeiro)

Vídeo:
http://www.youtube.com/watch?v=HGa79xZUK_w


Links:

Comente nossos artigos na parte inferior do post ou envie um email para blog-azul@hotmail.com
Para ver todos jogos do Cruzeiro, entre no canal Blog Azul no Youtube
Para receber todas nossas postagens no seu email clique aqui


Valeu Nação!

Rafael Amaral

4 comentários:

Carlão Azul disse...

Vc foi ao ponto certo, ando muito preocupado com o excesso de lesões e com a dependência de Kléber no nosso ataque. REalmente sem Kléber ninguém respeita nosso ataque, também nem precisa pois WP, Wanderley e Zé Carlos são de medianos a ruins.

Temos muitas deficiências e nosso time tem uma apatia desesperadora quando é surpreendido, não mostra nenhum poder de reação.

Sds. Celestes
Carlão Azul
Sou Cruzeirense Site/Blog - ****
Sou Cruzeirense Site/Blog - acesse e comente

Carlão Azul disse...

Sobre o excesso de lesões, não ficou claro, eu me preocupo pois algo parece estar errado. Poupando jogadores e mesmo assim estamos com o DM lotado.

O pior é que depois dos titulares agora os reservas estão se lesionando como o caso do Elicarlos.

Cruzeiro disse...

Concordo com o que foi dito até então, com relação a lesões e dependências...mas cá entre nós, não podemos comparar a importância que tem o jogo do Cruzeiro contra o Grêmio com qualquer outro do Brasileirão...não acredito que eles entrarão em campo da mesma forma que entraram com o Barueri.

Otimismos a parte...ehehehehehe...Cruzeiro é Campeão da Libertadores já!!!!!!

Rafael Amaral disse...

Acho que o Cruzeiro tem que ter mais humildade, não subestimar o Grêmio.
Pois esteja ruim ou bom, o Grêmio tem tradição e também tem suas duas Libertadores.
Temos condições de levantar a taça sim, mas o time não pode se achar demais e perder o foco.

Abraço
Saudações celestes